Doze razões para visitar a Espanha este verão

“Eu tenho um chiringuito à beira-mar. É muito bonito e espero que lá vás.” Todos conhecemos estas estrofes da famosa canção de Georgie Dann. Os chiringuitos (bares) encontram-se em praias e outras áreas turísticas, geralmente com atividade sazonal (no verão), que muitas vezes se prolonga por outros meses do ano. São os chiringuitos, construções antigamente minimalistas mas hoje em dia algo mais evoluídas, onde se encontra uma vasta e saborosa variedade de peixes e frutos do mar da zona, regados com a espanholíssima sangria, e também onde muitas vezes apanhamos uma “seca” apenas por causa de sua localização privilegiada, normalmente na primeira linha de praia, e da descontração em termos de formalismos ??? e de indumentária, que nos dispensa de ir ao hotel ou apartamento depois da praia para nos arranjarmos e voltarmos a sair.

DCIM101MEDIA

Chiringuito Juan y Andrea, Formentera, Baleares.

Umas vezes por iniciativa do proprietário, outras por força do cumprimento da regulamentação local, o clássico chiringuito de barraca e chamiço, apoiado em estacas de madeira na areia, foi dando lugar a construções mais estáveis e avançadas, que inclusivamente através de vidraças amovíveis ou sistemas de pérgulas rebatíveis, permitem servir a clientela não só nos meses de verão, mas também no inverno. Por outro lado, hoje em dia a oferta gastronómica proporciona todas as garantias higiénico-sanitárias e um nível de qualidade equiparável (e muitas vezes superior) ao de restaurantes convencionais.

Hoje propomos aos nossos leitores um passeio pelas costas espanholas, visitando alguns dos chiringuitos mais famosos e degustando as suas especialidades. Entre os mais de 3.000 que podemos encontrar no país vizinho, selecionámos uma dúzia dos mais conhecidos. Cada um tem o seu encanto, o seu público e localizações diferentes para todos os gostos:

seguro_viaje_erv_turismo_chiringuito

Na orla costeira de espanha existem mais de 3.000 chiringuitos.

1- El Tibu-Ron, Castelldefels (Barcelona)

Pecaríamos por defeito se classificássemos o Tibu-Ron como um mero chiringuito. Este estabelecimento converteu-se num ponto de referência da costa catalã, propondo comida deliciosa, um ambiente inigualável e diversão garantida com atuações musicais, sessões de DJs, cinema ao ar livre, atividades desportistas, etc. É imprescindível provar os seus mojitos e as suas batatas picantes.

2- Jota’s Vistamar, Benicassim (Castellón)

Um chiringuito de praia, com um serviço próximo e pessoal, que oferece uma qualidade muito boa. Recomendável tanto para beber uma cerveja como para almoçar ou jantar e, naturalmente também para beber um copo à noite, junto à praia. Oferece sobretudo cozinha mediterrânica, com um atrativo e diversificado menu em que se destacam sobretudo as paellas.

seguro_viaje_erv_vacaciones_chiringuito

Paella de frutos do mar, o prato mais procurado nas praias do Levante

3- El Cranc, Altea (Alicante)

O que começou como um chiringuito de caranguejos há mais de 30 anos é hoje um ponto de referência para todos os visitantes desta cidade de Alicante, tanto pelas suas maravilhosas vistas sobre uma das mais bonitas baías das nossas costas como pela sua elaborada cozinha mediterrânica. Não podemos deixar de experimentar o peixe recém-pescado, os chocos, as gambas, os seus pratos de arroz e, para rematar, o gelado caseiro de leite merengado.

4- Juan y Andrea, Formentera (Islas Baleares)

Situado há mais de 25 anos no coração da praia mais famosa de Formentera (e seguramente uma das mais belas do Mediterrâneo): a praia de Illetes. Vistas incomparáveis, localização ideal, rodeada de palmeiras, excelente cozinha do mar, peixes, mariscos, pratos de arroz, etc., na esplanada ou diretamente sobre a areia, à sombra dos toldos. Um estabelecimento de grande qualidade, onde os empregados, de branco impoluto, andam descalços na areia. Vestígios da época “hippie”?

chiringuito_baleares_juanyandrea

Chiringuito Juan y Andrea, Formentera, Baleares.

5- Ayo, Nerja (Málaga)

Situado na famosa praia de Burriana e dotado da melhor infraestrutura turística, desde 1969, o chiringuito serve anualmente milhares de turistas e habitantes de Nerja, que não só degustam as suas paellas, como também desfrutam do ambiente único que ali é oferecido. Uma vasta seleção de pratos internacionais e nacionais para todos os gostos: carne, peixe, frutos do mar, saladas e paellas gigantes cozinhadas em fogão a lenha por baixo de um “chambao” (como se diz aqui). A título de curiosidade: algumas cenas da mítica série de televisão “Verano Azul” foram rodadas lá.

6- Las Piletas, Sanlúcar de Barrameda (Cádiz)

Ambiente e gastronomia 100% familiares. Duas gerações a servir um menu em que se destacam a carne com tomate, a couve frisada, os ovos estrelados com batatas, as beringelas panadas ou simplesmente um bom tomate temperado com azeite virgem. O seu êxito não está na sofisticação. O prazer que este bar oferece é a possibilidade de desfrutar do cheiro a mar e do sabor a horta em boa companhia, sentindo-nos quase como em casa.

seguro_viaje_erv_verano_chiringuito

Os bares de Málaga, reis no espeto de sardinhas.

7- Bombadill, Ayamonte (Huelva)

Chiringuito de praia tradicional na Isla Canela, que se distingue pelo seu excelente serviço e cozinha fabulosa, em particular as famosas “sardinhas na brasa”, sem esquecer os mariscos locais: ameijoas, lingueirão, gambas e chocos

8- Sinás, Raxó (Pontevedra)

Longe do conceito tradicional, este estabelecimento constitui aquilo a que poderíamos chamar a “nova geração” de chiringuitos: com Wi-Fi, menu de cocktails, pizzas, chill-out e e até mantas para quando a noite chega e com ela a frescura característica da Galiza nas zonas perto do mar

chiringuito_sinas_verano

Chiringuito Sinás na Praia de Sinás, Raxó, Pontevedra.

chiringuito_sinas_raxo_sanxenxo

Chiringuito Sinás, Raxó, Pontevedra

Situado na pequena praia de Sinas (Raxó), em 2014 foi eleito o Melhor Chiringuito da Espanha pelos leitores do El Economista. O ‘Chiringuito de Sinás’ oferece programas especiais para as noites de verão: sardinhas e churrasco na noite de São João e concertos ao vivo todos os sábados de julho e agosto…

Sem dúvida, um dos nossos favoritos na Ria de Pontevedra!

chiringuito_raxo_playa_de_sinas

Chiringuito na praia de Sinás, Raxó.

9- La Pandina, Llanes (Astúrias)

Localizado na praia de San Antolín, com uma vista maravilhosa sobre o Cantábrico e um excelente trato humano. Com uma ampla oferta em que se destacam os seus croquetes caseiros, a salada de queijo de cabra e a sangria, que localmente se faz não com vinho mas com cidra. À noite converte-se em zona chill-out, onde se pode relaxar, bebendo cocktails e ouvir música ao vivo.

10- El Puntal, Santander (Cantabria)

Na fantástica praia de El Puntal desfruta-se das melhores vistas de todo o Santander. Escondido entre as dunas de areia branca, encontra-se um chiringuito  antigo ???: sem formalismos e com um ambiente de extrema cordialidade. Um aperitivo à base de camarão, percebes e ameijoas de Pedreña (a aldeia vizinha) é o melhor prelúdio para um almoço, em que podemos escolher atum, tamboril ou rodovalho, ou alguma das carnes de caça próprias dos prados cantábricos.

11- Toki Alai, Ibarrangelu (Biscaia)

Na praia de Laga, um dos areais mais bonitos da costa da Biscaia e núcleo surfista por excelência, encontramos este estabelecimento, onde a cerveja e as sardinhas são os produtos mais requisitados. Da sua excelente cozinha de mercado com produtos de boa qualidade e muito bem preparados destacam-se o tamboril grelhado.

12- El Chiringuito, Lanzarote (Ilhas Canárias)

Situado perto de aldeia de Famara, oferece-nos um variado cardápio de produtos típicos, peixe fresco (com batatas e salada), saborosas parrilhadas de peixe e polvo com molho. A sua fama ultrapassou fronteiras e já é habitual no circuito internacional de surfistas.

Tomar um aperitivo ou almoçar com a família ou amigos no chiringuito e depois mimar-se com uma sesta reparadora é, para muitos, o paradigma do desfrute estival. O nível de segurança e salubridade dos produtos alimentares servidos no chiringuito  é fundamental para evitar problemas de saúde aos consumidores. Para isso aplica-se a regulamentação mais genérica sobre higiene alimentar, já que não existem normas específicas para estes estabelecimentos. Os pratos e tapas dos bares de praia não são necessariamente de pior qualidade ou menos saudáveis, mas convém escolher com critério e compor diariamente menus equilibrados. Bom apetite! E como sempre, não esqueça o seu seguro de viagem nestas férias, para estar coberto contra qualquer imprevisto.